sábado, 26 de março de 2011

Chipre


E o canto da Sereia,
você pode ouvir?

Ela desperta as cores de sua alma
e decifra os mistérios de amar ...

As Pérolas de Anaduomene,
deslizam no corpo brilhante
e escamado ...

Quem vai resistir,
ao ouvir sua voz?

Quando as filhas do Mar cantam,
Chipre não é mais a mesma.
Os corais vibram, peixes acasalam,
nas espumas eróticas do Mar do Amor.

Um comentário:

Arthemise disse...

Amore, tá arrasando nas poesias!!

A Frô, com certeza, está orgulhosa de você!